| 

Publicações

     A importância econômica, política e cultural do Centro-Oeste mineiro por si só, indica o desafio que a criação do Portal do Centro-Oeste Mineiro - EmRedes representa. Esse desafio começa no delineamento do que vem a ser a própria região Centro-Oeste de Minas Gerais. Existem numerosos critérios de definição dessas fronteiras que resultam na inclusão ou não de determinadas cidades nessa cartografia quando consideramos, por exemplo, o ponto de vista político-administrativo, ou a implementação de políticas públicas, os arranjos produtivos ou político-partidários, ou as facilidades ou dificuldades de relacionamento, transporte, afinidades econômicas ou cultuais. Além disso, é preciso considerar o fator subjetivo que é o sentimento de pertencimento ou não a esse núcleo central de Minas Gerais.

    Como nos lembra o enunciado de João Guimarães Rosa, “Minas são muitas” e muitos os vínculos políticos, culturais e econômicos que temos com outras regiões do país. Mas a construção de conhecimento no nível local ou regional não tem como objetivo legitimar uma atitude excludente, pois a identidade mineira ou brasileira está sempre em movimento e para ganhar força e presença precisa reconhecer a pluralidade de singularidades que existem legitimamente em qualquer parte ou lugar de Minas Gerais e do Brasil.

    Investigar as transformações ocorridas no Centro-Oeste mineiro tem contribuído para uma maior compreensão do desenvolvimento moderno de Minas Gerais, pois o modo de vida tradicional das populações existentes nessa região passou por profundas mudanças no final do séc. XIX, momento em que foi construída a Estrada de Ferro Oeste de Minas – EFOM. A ferrovia foi a primeira via de comunicação mecanizada com o resto do país injetando nas comunidades locais um novo dinamismo sociocultural e financeiro muito diferente do que tinha existido até então. A presença da ferrovia desencadeou a modernização de parte do antigo sertão, no Centro-Oeste mineiro, nos meados do séc. XX e a consequente mudança do modo de vida tradicional existente, processo ainda em curso na atualidade.

     Já existe um número razoável de reflexões e pesquisas de diferentes áreas do conhecimento sobre a região, mas estas produções encontram-se dispersas e são pouco conhecidas do público. Além de reunir os trabalhos já existentes, pretende-se construir um espaço de debate e produção de conhecimento de caráter interdisciplinar, com um vocabulário teórico-metodológico comum – não exatamente baseado em consenso, mas em diálogo. Pretende-se, assim, colocar em diálogo pesquisadores e o público em geral, que terá acesso aos estudos realizados e aos documentos produzidos pelos homens e mulheres que viveram – que vivem – nessa região.

    Ainda que considerando esta iniciativa muito mais um horizonte do que uma realidade, afirmamos aqui a contribuição que o Portal da Memória do Centro-Oeste Mineiro busca apresentar para que o Centro-Oeste de Minas Gerais torne-se objeto de estudo e pesquisa. Considerando ainda que este é um processo em contínua expansão, o Portal pretende disponibilizar informações sobre as diversas cidades que compõem a região que toma como objeto de estudo. Evidentemente, este objetivo será alcançado gradativamente, à medida que forem estabelecidas as devidas articulações com as cidades envolvidas. Para isso, é de extrema importância a contribuição das organizações sociais, das instituições de ensino e pesquisa, dos cidadãos e cidadãs interessados em conhecer e dar à luz a história regional e local.

    Enfim, afirma-se aqui o direito à memória e ao reconhecimento da história como uma forma fundamental de inclusão social, uma vez que o esquecimento é uma forma de condenação primária, ou seja, de não reconhecimento de sua existência que, por não ser reconhecida, tende a se dissipar.

Em Redes

Acompanhe todas as novidades do projeto em redes através da nossa página no Facebook. Basta curtir abaixo e receber todas nossas publicações.

Últimas fotos Cadastradas

  • Coleção: Fundo Batistina Maria de Sousa Corgozinho

    Gênero: Textual

  • Coleção: Fundo Batistina Maria de Sousa Corgozinho

    Gênero: Textual

  • Coleção: Fundo Batistina Maria de Sousa Corgozinho

    Gênero: Textual

Fotos Mais Acessadas