| 

14 a 20 de maio – 16ª Semana de Museus: "Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”

A Semana Nacional de Museus acontece, anualmente, para celebrar o Dia Internacional de Museus (18 de maio). Nesse período, os museus brasileiros são convidados pelo Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM a desenvolver uma programação especial em torno de um tema proposto. Em uma era na qual a internet ampliou em larga escala, a produção e o acesso à informação, a Semana de Museus, no ano de 2018 (em sua 16ª edição), tem como tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”. A concentração de programações culturais, na semana, enfatiza a importância da ação como instrumento de ampliação do acesso à cultura e de visibilidade dos museus.

A Semana Nacional de Museus tem como objetivo promover, divulgar e valorizar os museus brasileiros, ampliar o público visitante e intensificar a relação dos museus com a sociedade. Dessa forma, a programação do CEMUD para a 16ª Semana Nacional de Museus é bastante diversificada e rica, contando com: oficinas de educação patrimonial, visitas guiadas ao patrimônio histórico e cultural, exposições, apresentações de teatro e performances, mesas redondas e apresentações/espaços culturais. A programação deste ano contempla, também, atividades a serem desenvolvidas na Comunidade Rural dos Lopes ampliando, assim, a oferta de atividades culturais na região e o diálogo com a sociedade. As atividades da 16ª Semana de Museus ocorrerão na UEMG Divinópolis, na Praça Dom Cristiano (Praça da Catedral) e na Comunidade dos Lopes. É importante destacar que, para a realização de todas essas atividades, o CEMUD contará com a pareceria dos cursos de História, Publicidade e Propaganda, Ciências Biológicas e Serviço Social da unidade.

A participação do Centro de Memória na Semana Nacional de Museus tem, ainda, como propósito promover a interação entre a academia e a comunidade em geral, além da relação entre o ensino superior e a educação básica. Por fim, a partir do tema “Museus hiperconectados”, o CEMUD trabalhará a história/evolução da fotografia, tendo como foco o processo pelo qual passou o ofício, a técnica, a arte, chegando aos dias atuais em que as fotos se tornaram o maior instrumento de interação e conectividade entre pessoas e instituições.

 

PROGRAMAÇÃO:

Clique aqui e confira a programação das atividades

Clique aqui e confira a programação das exposições

Em Redes

Acompanhe todas as novidades do projeto em redes através da nossa página no Facebook. Basta curtir abaixo e receber todas nossas publicações.

Últimas fotos Cadastradas

  • Coleção: Fundo Batistina Maria de Sousa Corgozinho

    Gênero: Textual

  • Coleção: Fundo Batistina Maria de Sousa Corgozinho

    Gênero: Textual

  • Coleção: Fundo Batistina Maria de Sousa Corgozinho

    Gênero: Textual

Fotos Mais Acessadas